Nota de apoio aos trabalhadores e trabalhadoras do HUB

O Movimento Classista em Defesa da Saúde do Povo se solidariza com os trabalhadores e as trabalhadoras do Hospital Universitário de Brasília (HUB), aos quais tem sido imposto regime de trabalho que descumpre os acordos anteriormente feitos com a UnB e que afeta o atendimento de qualidade, e apoia a luta e a resistência dos trabalhadores. Além da manutenção do regime de plantões com carga horária semanal de 30 horas, apoiamos a reivindicação de que não pode haver repressão ao movimento, nem represálias. É absurdo que, em vez de abertura ao diálogo, o que se ofereça é liminar proibindo o justo direito de paralisação e ameaças de repressão aos trabalhadores pela tropa de choque.

Nos solidarizamos, também, com os funcionários e as funcionárias da limpeza da mesma Universidade, que estão sofrendo demissões em massa, demissões essas fruto da gestão privatista que, ao mesmo tempo que terceiriza diversos serviços essenciais através de contratos de trabalho frágeis e que permitem a exploração e o assédio moral desses trabalhadores, também trata a saúde pública de forma empresarial, gerindo o Hospital Universitário através da EBSERH.

Repudiamos a ingerência da EBSERH no Hospital Universitário, com a tentativa de submeter inclusive trabalhadores que não são a ela vinculados ao seu regime de trabalho e que fere a autonomia universitária. Repudiamos a gestão empresarial da saúde pública, que não é mercadoria, através da EBSERH, fundações, Organizações Sociais etc.

Todo apoio aos trabalhadores e trabalhadoras do HUB!

Contra as demissões em massa na UnB!

Fora EBSERH!

Em defesa da saúde do povo!

Pela saúde pública, gratuita e de qualidade!

 

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s